DIRETRIZES DE SUSTENTABILIDADE

ENERGIA E ATMOSFERA

Minimizar a emissão de poluentes atmosféricos através da adoção das melhores tecnologias que sejam técnica e economicamente
viáveis.

Minimizar o consumo de energia em todos os níveis de atividade, priorizando o uso de equipamentos e processos de maior eficiência
energética.

Buscar a utilização de energias renováveis, como energia solar, biocombustíveis e biomassa sendo esta exclusivamente de áreas
reflorestadas.

Buscar a compensação das emissões de gases de efeito estufa através de projetos de sequestro de carbono e MDL.

RECURSOS HÍDRICOS

Uso consciente de água nas instalações, atividades e operações, diminuindo o consumo de um recurso natural.

Minimizar a quantidade dos efluentes líquidos lançados, bem como o seu tratamento, evitando os impactos nos ecossistemas
aquáticos e a alteração das características naturais dos recursos hídricos.

Garantir o uso sustentável da água subterrânea, de forma a proteger as possíveis áreas de recarga e evitar a exploração predatória
dos aqüíferos.

RESÍDUOS E MATERIAIS

Dar destino ambientalmente adequado para todos os resíduos gerados, priorizando a reutilização e a reciclagem.

Priorizar o tratamento e reaproveitamento local de resíduos sempre que possível, evitando o transporte de resíduos, minimizando o
consumo de energia e a geração de emissões atmosféricas.

BIODIVERSIDADE

Reduzir as pressões sobre os ecossistemas que resultem em impactos à biodiversidade ao longo do ciclo de vida de todas as
atividades e operações, mantendo os serviços ambientais existentes.

Caracterizar a área de influência das atividades, identificando áreas protegidas, sensíveis e vulneráveis de maior relevância para
conservação da biodiversidade.

RECUPERAÇÃO DE ÁREAS IMPACTADAS

Recuperar as áreas impactadas pelas atividades, buscando restabelecer a estrutura, funções, diversidade e dinâmica dos
ecossistemas originais.

Utilizar espécies nativas da região para a recuperação de áreas degradadas, contemplando diversas espécies de cada grupo
ecológico.

Otimizar o escoamento superficial dos solos expostos para minimizar os processos erosivos e o carreamento de sedimentos para os
corpos d'água.

INSTALAÇÕES

Compatibilizar as instalações com a paisagem local, minimizando a perturbação na harmonia cênica local.

Priorizar, dentre os conceitos de eco-eficiência, a aplicação dos princípios da arquitetura bioclimática, a minimização de consumo de
água e energia, a minimização da geração de resíduos, o uso de materiais renováveis e a racionalização do processo construtivo.

TRANSPORTES

Minimizar o transporte e deslocamento de equipamentos, materiais e pessoas, bem como respeitar os limites de peso de cargas,
reduzindo o desgaste das vias, minimizando os recursos naturais e humanos necessários para manutenção, e os riscos e impactos
relacionados ao transporte.

GERENCIAMENTO DE RISCOS

Aplicar as metodologias de avaliação de risco a todas as etapas dos novos empreendimentos ou a mudanças significativas nas
operações e instalações existentes, diminuindo o risco de acidentes e de impactos ambientais.

PATRIMÔNIO CULTURAL

Estimular que a atuação da força de trabalho e de fornecedores seja fundamentada no respeito aos valores e conhecimentos locais e
na preservação do patrimônio cultural, nas áreas de influência das atividades da Agrícola Vieira.

FORÇA DE TRABALHO

Garantir a qualidade de vida nos locais de trabalho, aprimorando os padrões de habitação, alimentação, saúde, esporte, lazer, cultura
e comunicação, promovendo a melhoria das condições de trabalho.

Possibilitar o acesso à educação continuada, aprimorando os padrões de formação, capacitação e desenvolvimento profissional.

Estimular e reconhecer o exercício da cidadania pelos trabalhadores e apoiar as iniciativas de voluntariado vinculadas à política de
responsabilidade social.

PÚBLICO EXTERNO

Fomentar oportunidades de geração de trabalho e renda sustentáveis para as comunidades nas áreas de influência, estimulando as
vocações econômicas e culturais contribuindo para a fixação da população em seus locais de origem.

Priorizar sempre que viável a contratação de fornecedores locais que atuem de forma sustentável, buscando dinamizar a economia
local.

Adotar preferencialmente soluções tecnológicas que possam ser replicadas em comunidades da região

COMUNICAÇÃO

Divulgar de forma ampla e transparente as ações da Agrícola Vieira, bem como os resultados alcançados pela aplicação das
diretrizes.

Estabelecer canais de comunicação para estimular a interlocução com o público externo.

Investir nos processos de conscientização e educação ambiental buscando o comprometimento da força de trabalho com estas
diretrizes.